Ceará, sol e mar!

Ceará, sol e mar!

Localização: Nordeste

Um estado com uma grande riqueza cultural, cercado por dunas brancas de areia fina, que ajudam a refletir a luz do sol. A capital cearense, Fortaleza, encanta os visitantes com uma mistura de luminosidade, praias e aromas deliciosos. A região da Grande Fortaleza oferece praias repletas de restaurantes e bares, que transformam um dia de praia numa experiência sensorial. Os habitantes estão sempre dispostos a contribuir com uma dica ou explicação sobre as iguarias locais.

O Ceará encanta os visitantes com uma mistura de luminosidade, praias e aromas deliciosos!

Pacotes

FALE COM ESPECIALISTAS

Capital: Fortaleza

Principal Aeroporto: Aeroporto Internacional de Fortaleza – Pinto Martins

Código do Estado: +55 85 ou +55 88

Fuso horário: Horário de Brasília, mas não adere ao horário de verão

Eletricidade: 220V

Informações turísticas online: http://www.fortaleza.ce.gov.br/turismo

  • O Ceará foi palco de momentos importantes da história do Brasil e o primeiro estado a abolir a escravatura. O sertão cearense, Juazeiro do Norte mais especificamente, viu surgir um movimento.
  •  Cumbuco e Porto das Dunas são algumas das praias próximas a Fortaleza. A região oferece ainda um grande parque aquático.
  • À noite, os habitantes e os turistas reúnem-se em bares e restaurantes para desfrutarem das iguarias, da brisa da noite e da animação típica de Fortaleza.
  • A cozinha cearense aproveita ao máximo a abundância de peixes e mariscos, que são a base da culinária local. A peixada cearense, feita com peixes da região e preparada com molho de legumes frescos, é o prato mais tradicional de Fortaleza. A lagosta é também uma das opções mais requintadas.
  • Como em outros estados nordestinos, no Ceará as festas juninas atraem um grande número de turistas em busca de danças como o forró e das comidas e brincadeiras típicas dessa época. O Carnaval é outra grande festa realizada em todas as cidades cearenses. Outro evento famoso é o Festival de Jazz & Blues, que se realiza todos os anos em Guaramiranga, na serra cearense (a 110 km da capital), e em Fortaleza, no mês de fevereiro.
  • Entre os tesouros do artesanato cearense, destacam- se as heranças da colonização portuguesa, como as redes, rendas de bilros (trama delicada feita em cima de uma almofada em que os fios são trabalhados através de pequenas peças de madeira), crochês e bordados de diversos tipos.