Tocantins

Tocantins

Localização: Norte

O mais recente estado entre as 27 unidades federativas do Brasil, Tocantins foi separado de Goiás em 1988 e marca a divisão entre a região Centro-Oeste e Norte, onde o Cerrado e a Floresta Amazônica se encontram. O estado recebeu nas suas terras muitos paulistas, mineiros e gaúchos, o que resultou numa mistura cultural única e diferente do restante Brasil. É um dos poucos locais no país onde o Sul e o Norte se encontram, e se misturam criando uma nova tradição de cultura e gastronomia.

O mais jovem dos estados brasileiros é uma mistura de culturas de todo o país, belas paisagens de encontro entre Cerrado e Floresta Amazônica e uma gastronomia saborosa!

Pacotes

FALE COM ESPECIALISTAS

Capital: Palmas

Principal Aeroporto: Aeroporto de Palmas – Brigadeiro Lysias Rodrigues

Código do Estado: +55 63

Fuso horário: Mesmo horário de Brasília, mas não adere o horário de verão

Eletricidade: 220V

Vacina: É recomendada a vacinação contra a febre amarela pelo menos dez dias antes da viagem

Informações turísticas online: http://turismo.to.gov.br/

  • O turismo é uma das atividades que mais tem se desenvolvido ao longo dos anos no Tocantins. Com uma grande área de preservação – cerca de 2 milhões de hectares em território preservado para populações nativas e dois imensos parques nacionais, Cantão e Jalapão –, o estado tem vindo a aumentar a sua infraestrutura turística para atrair cada vez mais visitantes.
  • O declínio da produção de ouro e a descoberta de uma área de extração, em Minas Gerais, fizeram com que a região entrasse num processo de despovoamento e estagnação. A restante população optou por ir viver para o interior do estado dando início à produção agrícola e à criação de gado. Esta produção agropecuária, que inicialmente tinha tido como objetivo a subsistência, constitui hoje uma importante fonte de receita para o estado de Tocantins.
  • O artesanato local também evidencia a mistura dessas tradições: do couro manuseado pelos gaúchos, à palha e à madeira transformados em objetos de arte, as lojas das cidades são preenchidas com diferentes peças de uso doméstico ou ornamental.
  • O capim dourado é o símbolo da região. A partir desta matéria-prima, as habilidosas mãos dos artesãos confecionam diversas peças: bijuterias, cestas, porta-moedas, suportes para utensílios, enfim, o que a imaginação do artesão ditar é possível tecer com o material.
  • O estado é muito quente, portanto, viaje com roupas leves, chapéus, bonés e protetor solar.